Regresso ao útero – fragmentos de um conto gótico

Alguns projectos necessitam de tempo para amadurecer. O passar dos dias e das estações ajudam as histórias a tomar forma. É como um “big bang” da ideia, em que toda a matéria está originalmente concentrada num único ponto, ainda sem noções de tempo e espaço, para subitamente se expandir numa multitude de imagens e palavras. Gradualmente a ideia inflaciona e a matéria vai-se adensando das mais diversas formas e encaixando no seu lugar. Este é um projecto pessoal, uma ideia que desde há algum tempo ambicionava concretizar. E neste “big bang” da ideia, os elementos constituintes da sua matéria estão formados e agora necessitam que o tempo os encaixe no seu lugar.
Torna-se de certa forma irresistível ir mostrando pequenos fragmentos que vão tomando forma nesta história, talvez por ser tão pessoal… Um dia a narrativa ficará completa e aí será possível retroceder até ao momento em que se originou e entender o seu percurso. Até lá os fragmentos cumprirão o seu papel: o de ajudar a procurar os espaços vazios e fechar o círculo.

a gothic wedding taleP I N

Modelo: Marta Silva
Vestido: Noiva Lusa
Acessórios: Silvia Teles Arte & Acessórios
Maquilhagem: Hair and Make-up by Leila

Partilhar no FacebookPartilhar no PinterestTweet

Your email is never published or shared. Required fields are marked *

*

*